Um novo acordo nuclear Irã-EUA está preparado, mas “o diabo estará nos detalhes”!

Elijah J. Magnier

Trad. Alan Dantas

Irã e EUA não estão longe de chegar a um acordo nuclear após uma iniciativa europeia para quebrar o impasse devido ao que cada lado havia definido como “exigências impossíveis”.

Fontes que participaram da última negociação no Irã disseram que “os enviados europeus se reuniram com a equipe do Ministério das Relações Exteriores iraniano responsável pela negociação de Viena e ofereceram uma nova proposta já que os EUA acham impossível atender às exigências iranianas”.

O Irã pediu uma garantia dos EUA de que nenhum futuro presidente se livrasse do acordo nuclear e que todas as sanções seriam levantadas. Ao falar com o enviado europeu – que a fonte não especifica – o Irã pediu aos Estados europeus que garantissem que a França, o Reino Unido e a Alemanha cumprissem o acordo nuclear, independentemente da posição atual ou futura dos EUA. De acordo com a fonte, a Europa rejeitou a proposta e disse que não tem poder para se posicionar contra a vontade dos EUA e não gostaria de se encontrar em uma posição semelhante à de 2018 (quando Trump tirou os EUA do acordo).

O enviado europeu propôs – confirmou a fonte – que os EUA levantariam todas as sanções impostas pelo Presidente dos Estados Unidos, excluindo as sanções impostas pelo Congresso. Todos os bens congelados iranianos serão devolvidos ao Irã, e nenhum país será sancionado por negociar com o Irã. Em troca, o Irã congela todo seu enriquecimento nuclear e vende a maior parte dos 17,7 quilos, e retorna ao acordo de 2015 – assinado pelo Presidente Barack Obama – sem destruir nenhuma de suas instalações nucleares. O acordo, como proposto, seria válido por apenas três meses e seria automaticamente renovado se nenhuma das partes o violar.

O Presidente Joe Biden gostaria de aproveitar a conquista se todas as partes concordarem, contornar muitas das condições prévias e registrar uma vitória interna que ele mesmo poderia aproveitar para as próximas eleições de meio de mandato, previstas para novembro de 2022. Ele fechou os olhos para a venda de petróleo no Irã devido a sua necessidade 

Subscribe to get access

Read more of this content when you subscribe today.

Advertisements
Advertisements
Advertisements

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.