Al-Sadr quebra o gelo e constrói pontes…mas o nascimento do novo Governo está sendo árduo

Elijah J. Magnier

Trad. Alan Dantas
Sayed Muqtada al-Sadr deu o primeiro passo na direção certa como o vencedor mais relevante nas eleições parlamentares iraquianas. Ele visitou o líder do grupo al-Fath Hadi al-Amiri em sua casa em Bagdá, na presença de outros líderes xiitas que que protestaram contra, e outros que aceitaram os resultados finais das eleições parlamentares emitidos pela Alta Comissão Eleitoral.

Esta visita político-social inteligente parece ser a maneira inconsciente de Moqtada iniciar as negociações entre os blocos xiitas, para formar um governo eventualmente no próximo ano. Isso ocorrerá enquanto aumenta a pressão relacionada à presença das forças dos EUA no Iraque, principalmente quando o acordo Iraque-EUA consiste em transformá-las em forças “não-combatentes” responsáveis pelo enfrentamento ao terrorismo e pelo treinamento das forças de segurança iraquianas. 

Os resultados finais emitidos pela Alta Comissão Eleitoral não mudaram muito os resultados iniciais, exceto por cinco assentos. Para os principais grupos xiitas, confirmou a vitória de al-Sadr com 73 vagas, Nuri al-Maliki com 33, Hadi al-Amiri com 17, Faleh al-Fayyad com quatro e outros partidos xiitas com menos assentos.

O resultado das eleições não significa que al-Sadr possa formar um governo nacional excluindo outros grupos xiitas. Os diferentes grupos curdos (ainda em desacordo entre si) e sunitas (que sofrem uma falta de unidade como os xiitas e os curdos) ainda estão sem um acordo com outros partidos xiitas.

Muqtada al-Sadr seria incapaz de chegar à metade do parlamento mais um (165 assentos) sem os outros partidos xiitas. No final, Muhammad Al-Halbousi (sunita, com 37 assentos) e Massoud Barzani (um curdo com 31 assentos) ficarão aquém e não proporcionarão a Moqtada o número de deputados necessários para escolher o primeiro-ministro. Além disso, tanto curdos quanto sunitas querem sua participação no novo governo, o que contradiz o que al-Sadr esperava ao solicitar um governo nacional.

Subscribe to get access

Read more of this content when you subscribe today.

Advertisements
Advertisements
Advertisements

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.